Amorizade

Amor + Amizade – Termo de Luandino Vieira

Paris 26/04/2006

Filed under: France,jacky — jacky @ 5:44 pm

Sou de Paris.

Gosto de andar horas e horas nas ruas da cidade-luz. Gosto dos Boulevards que têm árvores plantadas bem no meio, onde o chão é liso e se pode andar de patins. Gosto de me sentar nos bancos de madeira e de ver as fontes que refrescam em dias de calor. O ar é diferente. Faz-me sentir leve. Em Paris, fico sem a asma que tanto me perturba neste Porto húmido.

Gosto de passear nos jardins e sentar-me na relva onde a pelouse não é interdite. Gosto de entrar no Parc Monceau e ver o mesmo carroussel onde costumava andar em criança e as mesmas balançoires.

Gosto de ir ao quiosque renovado e comprar uma gauffre à la crème de marrons ou uma crêpe au beurre bem quentinha. Depois, passeio pelos caminhos e fico a contemplar as árvores, quase todas mais velhas que eu.

Gosto de ir ao marché da rua de Lévis, de me deliciar antecipadamente com uma taça de framboises à la crème fraîche. Eu sei lá, são tantos os sabores! Eu nem posso entrar na boulangerie-pâtisserie, só de pensar naqueles bolos até engordo!

Gosto de entrar no Monoprix, ir à secção da papéterie e tocar nos cadernos clairefontaine com as suas folhas tão lisinhas. Perco-me a ver as cartes de voeux e principalmente a passar os olhos pelos livres de poche!

Gosto de passear junto à Seine, de me sentar nas pedras antigas do chão de Notre-Dame, de subir para junto das gargouilles, recolher-me junto à luz colorida dos vitrais da catedral.

Gosto de ficar na penumbra da sala onde ficam os quadros de Odilon Redon, no Musée D’Orsay ou de me perder na imensidão dos nenúfares de Monet.

Gosto de me sentar nas escadinhas do Sacré-Coeur e ouvir o barulho da animação espontânea da cidade, de contemplar os quadros da Place du Tertre e de passear pelos néons de Pigalle.

Gosto de sair na station de métro que fica em frente ao Musée de L’Homme e ver a Tour Eiffel ao longe, aproximar-me devagar. Quando chego finalmente por baixo, fico sempre espantada com o seu tamanho: não me lembrava que fosse tão grande! (continua)

 

One Response to “Paris”

  1. jacky Says:

    Hummm…

    Comment by Katraponga — 26 April 2006 @ 6:25 pm |

    Tá optimo… já viste o meu outro recanto verdinho?!
    ;*

    Comment by Marian — 26 April 2006 @ 9:49 pm |

    Acho bem que continues porque eu não coneço e com a tua descrição sempre dá para ter uma ideia

    Comment by wind — 26 April 2006 @ 10:06 pm |

    Já coloquei umas imagens para dar mais cor ao meu discurso!
    Marian, tenho lá ido mas a página está muito pesada e demora muito a abrir!

    Beijinhos katraponga, marian e wind *

    Comment by jacky — 27 April 2006 @ 4:33 am |

    Ontem cheguei a ter esta caixa de comentários aberta para comentar que haviam muitas coisas que não percebia… o francês não é o meu forte LOL. Com estas imagens já deu para perceber muita coisa hmmmm aquelas framboesas!!!
    Beijo

    Comment by Alegrão — 27 April 2006 @ 10:18 am |

    Se precisares de ajuda na tradução, é só dizeres

    Comment by jacky — 27 April 2006 @ 10:35 am


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s