Amorizade

Amor + Amizade – Termo de Luandino Vieira

Mundo encantado 22/02/2011

Filed under: fadas,jacky — jacky @ 4:07 pm

Tenho um mundo encantado na minha vida. Assim como os contos de fadas povoaram a minha infância, tenho agora uma quinta que anima os dias tristes do Inverno.

Na minha quinta, há árvores de frutos, há flores, há castelos, há porcos com chapéus de festa, há galinhas que põem ovos dourados, há potros azuis e lilases, há cavalos com penteados anos 70-disco sound, há patinhos feios que se transformam em cisnes, há casinhas de bonecas, há uma padaria e um spa onde faço bolos e perfumes, há vitelas ETs e há a Torre Eiffel.

Na minha quinta, posso plantar o que eu quiser, desde framboesas a tacos e até cupcakes! Tenho vizinhos que me visitam e me deixam prendas, que me deixam mensagens, que me ajudam a construir coisas. Tenho vizinhos disfarçados de coelho que vêm fertilizar os meus legumes.

Na minha quinta, às vezes, queimam-se as plantações, mas os animais nunca morrem à fome. Não há gripe A, nem hepatites, nem qualquer tipo de virose. Não há fruta apodrecida e as flores são sempre vistosas.

Na minha quinta, disfarço-me de princesa ou de fada ou visto simplesmente um tshirt e uns jeans.

Nem toda a gente compreende porque perco tanto tempo com esta quinta, se nem sequer é real. Acham que é um vício absurdo, um passatempo palerma… Que lhes dizer? Nunca precisaram de um pouco de magia, de beleza e de perfeição na vossa vida? É verdade que perco tempo, sim, mas também fiz amigos, estreitei laços, tive amigos que gastaram FVs para me dar árvores especiais e uma ovelha de chicletes gorila. Mas nunca deixei de cumprir com as minhas tarefas e as minhas obrigações, nunca pus as finanças da família em causa devido à minha quinta porque nunca gastei um cêntimo que fosse com isto. E quem nunca esteve viciado em jogos e quem nunca perdeu tempo com passatempos viciantes que me atire a primeira pedra, mas não para a minha quinta!

Tenho um mundo encantado na minha vida e amigos virtuais que estão sempre lá e isso faz-me feliz! Obrigada amigos da farmville!

Anúncios
 

A evolução das fadas… [das fadas de Cicely Barker às fairy bondage] 28/09/2006

Filed under: fadas — jacky @ 3:09 am

Howard David Johnson

Descobri hoje que o conceito de fada tem evoluido imenso nos últimos tempos… Não sei se para melhor. Há por exemplo uma banda desenhada manga que se chama fairy bondage em que as fadas Pfil e Pamila salvam a floresta e também se envolvem sexualmente em inúmeras práticas que prefiro não revelar agora. Nestas coisas, sou conservadora. As fadas pertencem ao mundo da infância, à inocência e ao maravilhoso.

Esta sociedade parece-me estar a criar verdadeiras obsessões centradas sobre o sexo. Não acho que o ser humano deva viver centrado sobre a sua sexualidade. Diferenciamo-nos dos animais exactamente por não vivermos apenas pelos nossos instintos e por usarmos a nossa inteligência para pensar e pautarmo-nos pelos nossos valores. Mas se calhar sou eu que não vejo bem as coisas… Se calhar, sou uma espécie em vias de extinção…

PS. Esta imagem não se refere à dita BD mas já mostra uma fada muito humana género sexy bomb…

 

Conto de fadas

Filed under: fadas — jacky @ 2:57 am

La vie est un conte de fée qui perd ses pouvoirs magiques lorsque nous grandissons.
[Robert Lalonde]

Nene Thomas

A vida é um conto de fadas que perde os seus poderes quando crescemos…

 

conto de fadas 06/07/2005

Filed under: fadas — jacky @ 8:20 am

Qual é o conto começado por Era uma vez de que guardas melhor recordação da tua infância, talvez, o que te fez mais sonhar?

 

fada da luz 21/06/2005

Filed under: fadas — jacky @ 11:59 am

fadadaluz.jpg

Para o Carlos, sempre à procura da luz da verdade! 🙂

 

fadas das viagens

Filed under: fadas — jacky @ 10:52 am

fadasdasviagens.jpg

Para o Fernando, apaixonado de sol, que palmilhou esta Europa toda e por isso mereceu as fadas das viagens 🙂
(melhor que uma medalha de cortiça, hein?)

 

fada do trevo em flor

Filed under: fadas — jacky @ 10:27 am

fadadotrevoemflor.jpg

Para a riquita, a fada do trevo em flor porque a vida é bela e os trevos são uma manifestação da beleza singela e do desejo de sorte de todos nós 🙂