Amorizade

Amor + Amizade – Termo de Luandino Vieira

ANIMALS WORD PUZZLE 30/04/2009

Filed under: sopa de letras — jacky @ 7:00 pm

animals-word-puzzle

Esta semana, enchi-me de fazer sudokus e apeteceu-me voltar a um velho amor que é a sopa de letras. Para ser mais difícil, decidi fazer em inglês. Quem encontra os 53 animais que estão aqui escondidos na horizontal e vertical?

 

Pérolas para os meus filhos (8) 29/04/2009

Filed under: pérolas para os meus filhos — jacky @ 3:04 pm

É bom pensar que todos nós temos de ter um filho, plantar uma árvore e escrever um livro, mas mesmo que consigam cumprir este ditado popular, a vossa vida não ficará plena nem resumida…

 

jacqueline’s word puzzle 28/04/2009

Filed under: sopa de letras — jacky @ 7:00 pm

Eis-me de volta às sopas, neste caso concreto, soup of letters (foi a tradução que o google me deu hehehehe)

100 palavras sobre mim, em inglês…

jacquelines-words

 

Pérolas para os meus filhos (7) 21/04/2009

Filed under: pérolas para os meus filhos — jacky @ 11:29 am

Não queiram algo só porque os outros o têm, mas porque vos pode realmente fazer felizes.

 

Pérolas para os meus filhos (6) 20/04/2009

Filed under: pérolas para os meus filhos — jacky @ 11:17 am

Se querem ser seguidos, têm de correr à frente dos outros!

 

(Pudim) de pão de chocolate 18/04/2009

pao-de-chocolate

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa manteiga
  • Manteiga para barrar a forma8 fatias de pão (para ser mais saboroso podem usar pão de passas)
  • 2 chávenas de leite
  • Meio pacote de chocolate em pó
  • 2 grandes ovos
  • ½ chávena de açúcar granulado
  • ½ colher de chá de extracto de baunilha
  • 1 colher de sopa de açúcar de confeitaria

Este doce pode ser servido quente, à temperatura ambiente ou frio. Pode-se também deixar esfriar completamente envolvendo a forma com película aderente. É o ideal para quem costuma ter sobras de pão!

Receita:

1. Em Forno pré-aquecido, colocar uma forma untada em manteiga (eu coloquei papel vegetal que dá mais jeito para limpar) deixar torrar o pão levemente.
2. Numa panela média, combinar o leite, o chocolate e a manteiga, numa temperatura média, mexer ocasionalmente, até que o chocolate derreta, cerca de 5 minutos.
3. Espalhar uniformemente as fatias de pão numa forma se não foi feito anteriormente na forma preparada. Numa tigela média, bater os ovos, o açúcar granulado e a baunilha. Quando estiver bem batido, misturar ao preparado de leite que se fez anteriormente. Quando estiver tudo misturado, deitar abundantemente o preparado por cima das fatias de pão.
4. Colocar no forno até o pão inchar e ficar firme, cerca de 25 minutos. Deixar arrefecer, pelo menos, 10 minutos, polvilhar com o outro açúcar um pouco antes de servir.

Eu utilizei variadas fatias de pão pois sobrou imenso pão na Páscoa. O que achei mais saboroso foi o pudim de regueifa de chocolate, pois ficou mais fofo e menos duro.

 

Comparações 14/04/2009

Filed under: família — jacky @ 11:31 am

comparações

Estou tão cansada… A minha filha não me deixa dormir de noite. Também não dorme quase nada durante o dia. Conheço pessoas que tiveram bebés mais ou menos ao mesmo tempo que eu, e os seus bebés dormem toda a noite e ainda dormem bastante durante o dia. As comparações são tentadoras e começo a pensar:

– Que sorte… se soubessem a sorte que têm… eu é que ando aqui caquética de todo porque a privação do sono faz com que me esqueça de tudo e ande sempre com dores de cabeça…
Mas depois a vozinha da minha experiência de vida sussurra-me ao ouvido:
– Jacky, não te deixes levar pelas tentações. Cada bebé é como é. Já devias ter aprendido isso com o Mário. Cada bebé tem a sua personalidade e o seu desenvolvimento próprio. A Sara pode não dormir como Y X ou Z, mas é a bebé mais encantadora que já conheci, sempre sorridente, viva, curiosa, com vontade de aprender tudo. A Sara é uma menina muito inteligente que quer crescer depressa, é uma menina sedutora que já conquista o mundo. Jacky, queixas-te de quê?
Eu sei… Mas às vezes também sabe bem uns minutinhos de auto-comiseração enquanto se toma um benuron às 8h30 da manhã, a ver se se aguenta o dia…

Ainda ontem na pediatra, os pais de um bebé perguntaram-me quanto tempo tinha a Sara, porque a deles não mexia com os pés. Disse-lhes que ainda era pequena, que era só a partir dos 6 meses, que não se preocupassem com as comparações, que cada bebé faz o que quer quando for melhor. Agradeceram-me, felizes.

E depois, eu não aplico os meus conselhos a mim própria? Tem dó, Jacky! 🙂