Amorizade

Amor + Amizade – Termo de Luandino Vieira

legenda, precisa-se! 29/07/2008

Filed under: escrita — jacky @ 11:06 am

hein?

Precisa-se de legenda para esta foto, tirada nos carrinhos de choque em Armação de Pêra!

  1. PedroZéZé Camarinha rules!!!
  2. NoiteAperte bem os cintos; o choque pode ser inesperado!
  3. gitasGargalhadas, só me dá para rir
  4. São RosasSão gases do escape
  5. LoopySexy mother foca! LOLOLOLOL Beijinhos!
  6. CeresAi, ai, nem arrisco.
    Isto é arte meus senhores
  7. O. BragaLagarto! Lagarto! Quem me dera o automóvel…!
  8. maria arvoreA malícia do olhar.

    Três à escolha.

    Focar o chique e o choque.

    Carrossel zoológico.

  9. Paulo“cheira a peixe”
  10. jodoasEntão aqui fica a minha sugestão. Faça a escolha menos dispendiosa, escolhendo bem. Um beijinho do Raul
  11. Alexandre‘Street racers’ também são bem vindos ?
  12. cc -“Quero cheirar teu bacalhau, Maria”

Leave a Reply

 

Top 5 das melhores baladas de sempre 12/07/2008

Filed under: canções de amor,música,top 5 — jacky @ 7:08 pm

Estou a Ouvir/ver o Top 50 das melhores baladas de sempre da VH1 e é estranho (ou talvez não) que a maioria das baladas sejam dos anos 80/90.

Entre as 5 primeiras estão:

  1. Purple rain – Prince & The Revolution
  2. Never tears us apart – INXS
  3. I wanna know what love is – Foreigner
  4. With or withou you – U2
  5. Have you ever loved a woman – Bryan Adams

Se tivesse de ser eu a fazer um top 5 das melhores baladas de sempre, ser-me-ia muito difícil porque há tantas canções que eu gosto e que me dizem muito, não só porque são baladas muito lindas mas principalmente porque estão ligadas a certos acontecimentos importantes da minha vida. Portanto, um top desses seria sempre algo de bastante subjectivo para qualquer um de nós…

Aqui fica o meu top 5/10 de hoje (porque se o fizesse amanhã, as músicas já seriam outras tirando a primeira que permanecerá imutável):

  1. How can you mend a broken heart – Al Green
  2. Drive – The Cars
  3. The deer hunter – The Shadows
  4. Porto Sentido – Rui Veloso
  5. Dream a little dream of me – Mama Cass
  6. God only knows – The Beach Boys
  7. I’m not in love – 10CC
  8. Dreams are my reality – Richard Sanderson
  9. How deep is your love – Bee Gees
  10. Careless Whisper – George Michael

E tu, se tivesses de fazer um top 5 das tuas melhores baladas de sempre, qual seria?

 

postcrossing 04/07/2008

Filed under: escrita,jacky — jacky @ 3:21 pm

Postcrossing

Faço colecção de postais desde os 10 anos. Adoro comprar postais sempre que vou a sítios novos. Adoro mandar postais a mim própria de lugares onde nunca estive e aos meus amigos. Gosto deles com vistas lindas, mapas, malucos, bonitos, com dizeres, enfim, desde que sejam minimamente bonitos ou originais. Durante anos, correspondi-me com jovens de todo o mundo e trocava postais. Há uns anos quando me dei ao trabalho de os contar tinha cerca de 7000.

Ontem descobri que uma amiga se tinha inscrito num site de trocas de postais do género do bookcrossing e hoje decidi inscrever-me. Estou aqui! Vou mandar o meu primeiro postal para a Finlândia e espero enviar e receber em breve muitos postais de todo o mundo para voltar aos velhos tempos!

E tu, ainda escreves e recebes postais em cartolina? O que gostas de coleccionar?

 

o teste imprescindível que fazia falta!!! 03/07/2008

Filed under: testes — jacky @ 10:21 am

Agora que o euro 2008 acabou e que vamos entrar nos jogos olímpicos, aqui fica o testesinho que fazia falta a todos nós com o patrocínio da radio comercial 😆

Se fosses um jogador de futebol com BIGODE dos anos 80, qual deles serias? A mim, calhou o António Oliveira!

 

Carta a quem me faz falta 01/07/2008

Filed under: cartas da jacky — jacky @ 11:47 am

Já que não estás mais neste mundo para ouvir as palavras que ficaram presas no meu coração, deixa-me escrevê-las para libertar as frases e as histórias que já não te poderei contar, como quem apanhou beijinhos à beira-mar toda a sua vida e as devolve agora ao mar…

Sabes o quanto me fazes falta? Eras o peso que fazia equilibrar a balança dos meus dias difíceis. Eras a cafeína que dava energia às minhas horas lentas. Eras o açúcar que dava sabor ao bolo da minha vida.

Agora que já não estás aqui para temperar as minhas emoções e sentimentos, sinto-me vazia e não consigo preencher essa solidão que me submerge, quando acordo todas as manhãs sabendo que não voltarei a ver-te, cheirar-te, sentir-te…

Sei que os outros não compreendem porque não supero a tua ausência, mas como explicar-lhes? Como fazer sentir no coração dos outros aquilo que só o meu abrange? Não sei quanto tempo se vai arrastar o tempo atrás desta saudade que não consigo superar. Por isso, escrevo-te esta carta, porque mesmo não existente, és a única que entenderá…

Sabes, fazes-me falta…

( jacky, 01.07.2008 )