Amorizade

Amor + Amizade – Termo de Luandino Vieira

Considerandos sobre o amor (87) 01/09/2010

Filed under: considerandos sobre o amor — jacky @ 1:10 pm

Amigos e Amoramigos

Gosto da amorizade, é como uma amizade especial recheada de carinho e atenção especial. Amorizar nem sempre é fácil e ser amorizado ainda é mais difícil.

Há pessoas que são boas amigas, vivem recheadas de afectos no coração, mas que são incapazes de passar do virtual para o real. Vivem como que enclausuradas em passados complicados, em recordações de amizades fracassadas, de afectos mal correspondidos… Querem ter amigos mas não conseguem sair do círculo fechado da família, não são capazes de pedir ajuda quando precisam, nem de se aventurar pelos mundos desconhecidos de outras mentes humanas.

Há pessoas que têm amigos mas que anseiam por serem o centro das atenções. Precisam de ser as favoritas, as que todos preferem. Sentem-se mais amadas se forem as escolhidas entre todos os demais. Quando não conseguem, quase pedincham afecto de quem lhes faz falta e acabam por não valorizar quem realmente as ama. Ficam com ciúmes de amizades especiais que existem há uma vida e metem-se no meio, tentando ficar a par dessa mesma amizade.

Há pessoas que adoram fazer amigos novos, andam sempre a conhecer gente nova, mas acabam por não manter amigo nenhum pois não cultivam as amizades antigas.

Há pessoas que são amigas desde que continuem na sua vida simples, não apoiam se lhes causar complicações, não tomam partidos se tiverem de gerir conflitos, estão apenas lá, desde que não lhes perturbe a vida.

Há pessoas que são tão carentes que parecem esponjas afectivas, seguem-nos para todo o lado, impõem-se a todo o momento, forçam a entrada na nossa vida, pedem atenção, apoio, ajuda, palavras e depois quando arranjam outro amigo que acham que poderá preencher as suas carências, desaparecem para viver em exclusivo para essa outra pessoa.

Há pessoas que são como bálsamo, que curam as nossas feridas, que reconfortam com as suas palavras, umas verdadeiras enfermeiras da alma.

Há pessoas que são como papoilas, que aparecem e nos tiram da depressão, nos fazem rir, nos fazem fazer figura de parvos e gostamos, que alegram a nossa vida com as suas gargalhadas e parvalheiras.

E depois, há os amoramigos, que são como os alicerces da nossa casa da amizade.

Todas essas pessoas fazem parte da nossa vida a todo o momento e todos os dias e e essa multitude de pessoas e de personalidades que nos faz crescer no mundo da amizade com os fracassos, as perdas, as descobertas, a partilha… Obrigada a todos por fazerem parte da minha vida.

Jacky (01.09.2010)

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s