Amorizade

Amor + Amizade – Termo de Luandino Vieira

lançamentos e tal… 07/04/2007

Filed under: blogosfera,leituras — jacky @ 5:42 pm

Ontem, fomos arrastados (eu, a ponto azul, a Patrícia e o perdido na funda, ainda à procura dos pais) pela FairyGi para um lançamento de livro de um jovem poeta da blogosfera. Não sei se sabem mas eu ainda sou do tempo em que os lançamentos de livros se faziam em galerias de arte ou em livrarias conhecidas, mas esta foi num bar de Matosinhos chamado Bláblá.

Quase a chegar ao bar, fui informada que afinal não era só um lançamento de livro, mas de 20 livros de autores da editora corpus. Imaginei logo livros a voar por tudo quanto era sítio. O pessoal de caneta na mão a desviar-se de livros mais grossos quando estava a pedir autógrafos. Tivemos logo de pagar 5€ à entrada (sem direito a bebida), não fosse a gente pirar-se pelas traseiras ou directamente na ambulância do INEM por ter tido um traumatismo craniano derivado de um lançamento de um dicionário. Depois de entrar para o bar propriamente dito, fui logo envolvida por uma nuvem de fumo e de uma certa cacofonia de fundo, óptima para se poder distinguir e ouvir os autores no nevoeiro…

Começámos então à procura do João. Foi melhor do que fazer escalada! Ora com licença, passa por esta frinchinha. Ora dá licença, tenta furar mais este mar de gente. Descobrimos que nas mesinhas escondidas pela multidão havia um papel que dizia: reservado ao autor tal. Estacianámos finalmente junto a uma mesa de bilhar 3 em 1 e fiquei a servir de bengaleiro aos casacos da Gi e da Prima (que não é Vera) que foram desbravar terreno à procura do João. Vinte minutos mais tarde, mais um pouco de cotovelo-crashing e lá conseguimos mais tarde descobrir a mesa do João, que estava a ser dividida por mais 3 autores que nem sabiam quem ele era. Porreiro…

Num dos bares, que servia de livraria improvisada, perguntámos pelo poeta. Agora não podiam ajudar, mas quando houvesse o lançamento do cd ajudariam a procurar. A cantora lança o cd cantando umas músicas e a nossa ajuda fica alegremente no palco a tirar fotos. Porreiro…

Continuei a servir de bengaleiro enquanto pensava que, quando fosse grande e mudasse de casa, iria comprar uma mesa de bilhar 3 em 1 como aquela. É que além de servir de mesa de apoio para copos e possíveis jantares festivos, também era sofá onde estavam vários casais sentados à conversa ou simplesmente a namorar. Parece que também se jogava bilhar quando os rabos saíam do lugar… Olhando em redor, via-se toda a gente interessadíssima pelos lançamentos em série: uma senhora dormia encostada ao marido e a grande maioria estava agarrada aos telemóveis a mandar e a receber sms.

A Gi quis comprar o livro do João, mas não havia MB. E lá tive eu que servir de bengaleiro bancário e emprestar dinheiro. Bastante útil vender-se livro e esperar-se que toda a gente tenha ido primeiro ao banco mais próximo para comprar livros de poesia e afins, aumenta imenso as vendas! Mais uma volta desesperada à procura do João! À procura do Nemo ou find Wally são brincadeiras de criança à beira duma busca desesperada de João em bláblá.

Quando estávamos quase a ir embora ao som do casuso, encontrámos o João à porta e finalmente a Gi teve direito ao seu autógrafo. Ai João, se tu soubesses desta aventura ter-lhe-ias escrito um poema com 5 páginas!…

E pronto, fiquei com saudades do tempo em que se lançavam livros em lugares iluminados onde se reconhecia, via e ouvia o autor, mas isso sou eu que estou a ficar cota…

Anúncios
 

11 Responses to “lançamentos e tal…”

  1. Fatyly Says:

    Realmente eu nem sequer entrava. Eu fumo, mas não fumo em recintos fechados. Que grande aventura e logo eu que “adoro” multidões…chiça:):)
    Já fui a vários lançamentos de livros de poesia, tendo sido o último na Biblioteca de Odivelas.
    De qualquer forma os meus parabéns ao João que não conheço (ou julgo não conhecer) a sua poesia.

    BOA PÁSCOA!
    Beijinhos

  2. Dária Says:

    Contaste (como sempre) bem essa tua “odisseia”… vinha só desejar-te uma Boa Páscoa (há imenso tempo que não te digo olá aqui) e acabo por sair divertida…:) Bjs

  3. Gotinha Says:

    Toma lá umas flores para te recompores…

    http://www.owari.ne.jp/%7Etmiwa/z_fleurs.html

  4. Katraponga Says:

    O Blá Blá não é um síito nada indicado para este tipo de eventos. É um bar interessante de música alternativa, mas é demasiado escuro e fumarento para lançamentos de livros, e não têm Multibanco por opção própria, pelos custos. Também devia ser OBRIGATÓRIO por lei qualquer estabelecimento de restauração / hotelaria ter terminal Multibanco. Os últimos lançamentos de livros a que fui no Porto, o ano passado, foram no Clube Literário do Porto (têm website e tudo) e garanto que é espectacular, porque cria uma intimidade e contacto entre toda a gente que é inestimável numa ocasião destas.

  5. Pedro Says:

    Que giro ! Eu tambem estive lá e não te(vos) vi. Encontrei foi o D. Sebastião… ( joking)
    Pois, lançamentos em bares só se forem logo no inicio da noite, tipo 21h30 ou assim. Possivelmente até seria essa a ideia da Organizacao. Quando cheguei ao lugar, perto da meia-noite, realmente vi um cardume de peixes de agua doce a nadar em turbolento oceano, junto às ditas mesas reservadas aos escritores…

  6. umpontoazul Says:

    LOL foi verdadeiramente um show!Demos a volta completa ao tal bar para encontrar o “famoso” poeta na saída do mesmo!Enfim…foi uma noite de sexta feira santa para carpir…estive foi a “micar” os modelitos…Bjs 🙂

  7. umpontoazul Says:

    Ah!E a minha próxima profissão será a de “mona”…a mesma das raparigas que estavam sentadas num sofá por detrás da fadista…sem se mexerem e a aguentar com o fumo todo!:-)

  8. fairyGi Says:

    Eu, culpada me confesso!!!LOl fui eu que vos arrastei!!! Mas devo dizer em minha defesa, que lá no fundo foi muito divertido!!! Até sou capaz de fazer como a um ponto azul e virar “mona”, mas quero ser aquela que dançou flamengo em meio metro de palco e quase a deu uma cotovelada à cantora!!!

    mil beijinhos e, mais uma vez, eu diverti-me, especialmente porque vocês foram comigo, Obrigado!!!

  9. Alexandre Says:

    Acho o BlaBla um bar muito fixe pelo tipo de música que passa, que é a minha onda. A primeira sexta-feira de cada mês é costume passarem unicamente música portuguesa, não sei se terá sido o caso. O excesso de fumo deve ser o seu principal ponto negativo, mas oxalá as novas leis os façam investir num sistema de extracção eficaz 😐

  10. looOOoOoLll
    BEM GOSTEI IMENSO DO TEU POST… ehehe
    muito obrigado pela simpatia..primeiro por acompanhares a tua amiga, depois por todo o esforço e transtorno que tiveste no meio da confusão:)
    o evento foi chato, muito “apertado” e confuso..mas já passou…
    obrigado pela simpatia 🙂

    e meu nome é ferreira, joão filipe ferreira ehehehe
    beijaooooo

  11. ahh e dia 23 dia mundial do livro vou estar na fnac do gaia shopping 😀 se quiseres aparece eheheh já tem mais luz e é uma livraria:D eheheh
    e n escrevo o poema de 5 paginas mas posso dar um beijinho:)
    beijinhoooo


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s