Amorizade

Amor + Amizade – Termo de Luandino Vieira

50 anos da RTP 08/03/2007

Filed under: cultura,televisão — jacky @ 10:52 am

logo_rtp.jpg

Foi com uma certa nostalgia instalada no canto do olho que vi ontem o programa comemorativo dos 50 anos da RTP. Adoro ter a idade que tenho porque só na década dos trinta, atingi a maturidade necessária para gostar de mim e estar em harmonia com o mundo. Contudo, não é segredo para ninguém que sou uma saudosista incurável e que adoro recordar momentos da infância e da adolescência. Portanto, o programa de ontem foi a minha cara!

Adorei rever o Engº Sousa Veloso, porque sim vi muitas vezes o Boletim Agrário. Vi com emoção os corpos (imagens actuais e antigas) daquelas vozes que fazem parte de muito da cultura que aprendi com documentários como a Ana Zanati e o Eládio Clímaco. Foi giro ver algumas misses Portugal mais idosas. Adorei ouvir a medley com os genéricos dos desenhos animados que vi e revi como a heidi e a abelha maia. Fiquei toda melosa quando ouvi as canções que davam todos os dias para as crianças irem dormir, com especial preferência pelas do Vitinho. Fartei-me de rir a ver as publicidade da laca, da pasta medicinal couto e do restaurador olex. Cantei todos os jingles publicitários da bic laranja bic cristal, mokambo e outras que tais. Também cantarolei todas as canções do Festival da Canção e recordei com saudade o Carlos Paião. E acima de tudo, fiquei quase a chorar quando vi a Rosa Mota e o Carlos Lopes a cortar a meta e dar-nos a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos; assim como a presença dos nossos paraolímpicos. Não há dúvida que o futebol é lindo mas foi sempre o Atletismo que me deu as maiores alegrias por Portugal!

E quando, finalmente, julgava que já tinha visto tudo o que havia para ver, o João Baião foi entrevistar pessoas da rua sobre a RTP e não é que uma das que falou foi a minha mãe!!! Querem melhor? Alguém sabe se o programa vai repetir? É que este eu vou mesmo gravar! Alguém sabe como posso gravar em formato digital?

O meu filhote perguntou-me: – Daqui a 50 anos, quando a RTP fizer 100 anos, achas que és viva? – Não sei. – respondi-lhe. Esperemos que sim, mas com saúde. E é o que desejo a todos nós, que daqui a 50 anos, havendo ou não televisão generalista, sejamos todos uns velhinhos amorosos, ajuizados e saudáveis… com muita nostalgia instalada no canto do olho…

 

9 Responses to “50 anos da RTP”

  1. cristina Says:

    “…Que ela não perca nunca, não importa em que mundo
    Não importa em que circunstâncias, a sua infinita volubilidade
    De pássaro; e que acariciada no fundo de si mesma
    Se Transforme em fera sem perder a sua graça de ave; e que exale sempre
    O impossível perfume; e destile sempre
    O embriagante mel; e cante sempre o inaudível canto
    Da sua combustão; e não deixe de ser nunca a eterna dançarina
    Do efémero; e em sua incalculável imperfeição
    Constitua a coisa mais bela e mais perfeita de toda a criação imunerável.”

    de Vinícius de Moraes

    com um beijo meu🙂

  2. scmbf Says:

    Também vi, também me emocionei, a lagrimita foi reprimida… é uma parte da nossa vida! beijos

  3. Por acaso não vi o programa, mas dá sempre saudades lembrar dos tempos a preto e branco!Então a tua mãe já teve os seus 5 minutos de fama?!Bjs🙂

  4. Zita Says:

    Também vi alguns bocados e apesar de não ter sido um programa com muito “glamour” preferi à concorrente TVI. Sem dúvida que as recordaçoes fazem parte da nossa vida e gostei muito de ouvir as músicas de infancia, os programas, as entrevistas, os apresentadores, etc. Muito de tudo isso parecia já esquecido na minha memória, ao ver de novo senti “ao tempo volta para trás”.
    Beijinhos

  5. Fatyly Says:

    Não vi porque estive a ver o da TVI e como não tenho vídeo…paciência. Só conheço a RTP a partir dos finais de 1979 e de facto lembro-me bem de certos programas e seus apresentadores, tendo como favoritos Júlio Isidro e Carlos Cruz.

    Hoje só vejo “Os Prós e Contras”.

  6. cc Says:

    Pois… para ter pessoas interessantes que dizem o que pensam sem papas na lingua o João Baião teve de ir ao Porto lol… adorei o programa da RTP quanto ao da TVI apenas mudei uns segundos e pareceu.me realmente muito plastico muita lantejola, mas meus amigos a TVI não tem alma, o da TVI foi esteril como o dinheiro … é nestas coisas que percebemos que tem de haver sempre um canal do estado que faça serviço publico, porque se fosse tudo privado, e movido pelo dinheiro, todas aquelas imagens que fazem partem enfim da nossa historia pessoal seriam deitadas no lixo, alem disso a TVI é espanhola logo estao-se a ‘cagar’ para os Portugueses é um aviso pelo Espanholamento da nossa economia e consequente cultura…

  7. wind Says:

    Quando foi a parte das canções da abelha Maia e seguintes, eu parecia uma miúda a cantar🙂

  8. jacky Says:

    obrigada cristina pelo poema🙂

    scmbf, relembrar é viver!

    devias ter visto, ponto azul. Não foram minutos, foram só uns 5 segundos de fama😛

    zita, temos muito em comum

    fatily, escolheste outro programa e fizeste bem, um beijinho

    cc, andas muito crítico ultimamente😛

    Relembrar a infância é sempre bom, wind🙂

  9. Neonilia Says:

    Olá!
    É possível que entretanto já tenha encontrado o programa, de qualquer forma quero deixar aqui o meu contributo.😉
    A viver fora do país, habituei-me a visitar o site da RTP e encontro nele alguns programas. O link é http://multimedia.rtp.pt e poderá encontrar o vídeo se pesquisar “50 anos”.
    Gostei muito do seu blog!
    Abraço!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s