Amorizade

Amor + Amizade – Termo de Luandino Vieira

Exclamação 02/02/2007

Filed under: recursos expressivos — jacky @ 7:57 am

28 – Exclamação

Recurso expressivo a nível semântico

Uso de expressões exclamativas i.e. usando a pontuação para dar ênfase e aumentar a subjectividade.

Ex: «Amar! Amar! E não amar ninguém!»

Florbela Espanca

Anúncios
 

4 Responses to “Exclamação”

  1. Particularmente, gosto dessa acentuação!

    Bom fim de semana

  2. jacky Says:

    também eu, Thiago 🙂

  3. marielena Says:

    ou o que exclamação?

  4. marielena Says:

    Exclamação língua portuguesa

    em: Wikipédia, a enciclopédia livre.
    Ir para: navegação, pesquisa
    Classes gramaticais

    Variáveis
    Nomes

    Substantivo

    Adjetivo

    Pronome

    Artigo

    Verbos

    Verbo

    Invariáveis
    Advérbios

    Advérbio

    Adposições

    Preposição

    Posposição

    Circumposição

    Conjunções

    Conjunção

    Interjeições
    Interjeição
    Fusões de Classes:
    Combinação

    Contração

    Crase

    As interjeições são palavras invariáveis que exprimem estados emocionais, ou mais abrangente: sensações e estados de espírito; ou até mesmo servem como auxiliadoras expressivas para o interlocutor, já que, lhe permitem a adoção de um comportamento que pode dispensar estruturas linguísticas mais elaboradas.
    As interjeições podem ser classificadas de acordo com o sentimento que traduzem. Segue alguns exemplos para cada emoção:
    • Alegria: oba!, eba!, viva!, oh!, ah!, uhu!, eh! , gol!, que bom!, iupi!
    • Saudação: oi!, olá!, salve!, adeus!, viva!, alô!
    • Alívio: ufa!, uf!, ah!, ainda bem!, arre!
    • Animação, estímulo: coragem!, avante!, firme!, vamos!, eia!
    • Aprovação: bravo!, bis!, viva!, muito bem!
    • Desejo: tomara!, oxalá!, queira deus!, oh!, pudera!
    • Dor: ai! ui!
    • admiração: ah!, chi!, ih!, oh!, uh!, ué!, puxa!, uau!, caramba!, caraca!, putz!, gente!, céus!, uai!, horra!, nossa! (francês: oh lala)
    • Impaciência: hum!, hem!, raios!, diabo!, puxa!, pô!
    • Invocação: alô!, olá!, psiu!, socorro!, ei!, eh!, ô!
    • Medo: credo!, cruzes! uh!, ui!, socorro!
    Outros exemplos que não representam emoções:
    • Ordem: silêncio! alto! basta! chega! quietos!
    • Derivados do inglês: yes! ok!
    Os principais tipos de interjeição são aqueles que exprimem:
    • a) afugentamento: arreda!, fora!, passa!, sai!, roda!, rua!, toca!, xô!, xô pra lá!
    • b) alegria ou admiração: oh!, ah!, olá!, olé!, eta!, eia!
    • c) advertência: alerta!, cuidado!, alto lá!, calma!, olha!, Fogo!
    • d) admiração: puxa!
    • e) alívio: ufa!, arre!, também!
    • f) animação: coragem!, eia!, avante!, upa!, vamos!
    • g) apelo: alô!, olá!, ó!
    • h) aplauso: bis!, bem!, bravo!, viva!, apoiado!, fiufiu!, hup!, hurra!, isso!, muito bem!, parabéns!
    • i) agradecimento: graças a Deus!, obrigado!, obrigada!, agradecido!
    • j) chamamento: Alô!, hei!, olá!, psiu!, pst!, socorro!
    • k) estímulo: ânimo!, adiante!, avante!, eia!, coragem!, firme!, força!, toca!, upa!, vamos!
    • l) desculpa: perdão!
    • m) desejo: oh!, oxalá!, tomara!, pudera!, queira Deus!, quem me dera!,
    • n) despedida: adeus!, até logo!, bai-bai!, tchau!
    • o) dor: ai!, ui!, ai de mim!
    • p) dúvida: hum! Hem!
    • q) cessação: basta!, para!
    • r) invocação: alô!, ô, olá!
    • s) espanto: uai!, hi!, ali!, ué!, ih!, oh!, poxa!, quê!, caramba!, nossa!, opa!, Virgem!, xi!, terremoto!, barrabás!, barbaridade!, meu Deus!, menino Jesus!
    • t) impaciência: arre!, hum!, puxa!, raios!
    • u) saudação: ave!, olá!, ora viva!, salve!, viva!, adeus!,
    • v) saudade: ah!, oh!
    • w) silêncio: psiu!, silêncio!, caluda!, psiu! (bem demorado), psit!
    • x) suspensão: alto!, alto lá!
    • y) terror: credo!, cruzes!, Jesus!, que medo!, uh!, ui!, fogo!, barbaridade!
    • z) interrogação: hei!…
    A compreensão de uma interjeição depende da análise do contexto em que ela aparece. Quando a interjeição é expressada com mais de um vocábulo, recebe o nome de locução interjetiva. Ora bolas!, cruz credo!, puxa vida!, valha-me Deus!, se Deus quiser! Macacos me mordam!
    A interjeição é considerada palavra-frase, caracterizando-se como uma estrutura à parte. Não desempenha função sintática.
    [editar] Ver também
    • Lista de classes de palavras
    • Locução interjectiva
    • Onomatopéia
    • Palavra invariável


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s