Amorizade

Amor + Amizade – Termo de Luandino Vieira

Considerandos sobre o amor (57) 17/01/2007

Filed under: considerandos sobre o amor — jacky @ 9:21 am

A paixão: Eros e Philia.

Bill Stephens

Geralmente, associamos paixão à paixão amorosa: Eros. É uma quase obsessão por uma pessoa, um querer estar com essa pessoa que nos faz esquecer todas as outras à face da terra. É algo excessivo e demasiado envolvente. Mas será que só existe a paixão no amor?

Quando me envolvo num projecto que gosto, com uma nova amizade, com uma nova compra que desejei, sinto-me apaixonada. Polarizo tudo à volta do objecto do meu desejo. Se há um tema que me entusiasme, pesquiso tudo e tenho sede em aprender tudo. É como se quisesse possuir toda a informação para a conseguir guardar.

Contudo, não sou avarenta e gosto de transmitir o que aprendo. É aqui que entra a Philia. Para quê guardar só para nós de forma egoísta, o que poderá tornar os outros felizes? Talvez por isso me tenha tornado professora.

E depois, apaixono-me por outro tema e vou esquecendo os pormenores do outro que me entusiasmou, sem nunca esquecer totalmente. Tudo o que se aprende com paixão, permanece e é assim que deveria ser o ensino: envolvido no entusiasmo do aluno…

Todos nós precisamos de viver com paixão: eros e philia. Primeiro, no sentido de querer possuir e preservar. Depois, no sentido de dar e partilhar. Se ficarmos apenas em eros, nunca seremos capazes de deixar ir em liberdade quem amamos com medo de perder. Mas a que preço? Quem está preso acaba sempre por esmorecer. É construir a nossa felicidade sobre a infelicidade dos outros. Na verdade, possuir é apenas uma ilusão temporária. Só se pode ter o desejo de regressar quando já se partiu…

Anúncios
 

11 Responses to “Considerandos sobre o amor (57)”

  1. São Rosas Says:

    Tu e eu lemos a primeira encíclica de Bento XVI 😉

  2. Revela bem a natureza orbital do espírito. Lembra-me do dia em que por ter ficado sem pilhas, tive que lá ir com o dedo. Parabéns!

  3. wind Says:

    Extraordinário o que escreveste! É isso mesmo. Posso assinar por baixo? 🙂

  4. miguel Says:

    Adorei a imagem …
    Muito bem “casada” com um texto delicioso …!

    Bjks da matilde e cª!

  5. Yuki Says:

    É assim q deveria ser.
    A lei do equilibrio.

    Obgda por esta partilha tão valiosa.

  6. Fontez Says:

    bonita foto sim.
    vemos apenas carinho.
    n existe amor nos animais, acho eu.
    bjs

  7. antero Says:

    É essa também a minha filosofia.
    Aquilo que eu chamo de Anterosphilia.
    Muito bonitos. O texto e a imagem.

  8. Marcia Says:

    Lindo,amei.Adorei o texto e a imagem.Você estava inspirada.Parabéns

  9. jacky Says:

    Obrigada a todos fico contente quando as minhas palavras tocam 🙂

  10. um ponto azul Says:

    Adorei a imagem e a personificação do Eros no leão…hum…Bjs 🙂

  11. Só digo mais uma coisa: Múrcia!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s