Amorizade

Amor + Amizade – Termo de Luandino Vieira

in-quietude 23/03/2005

Filed under: devaneios da jacky — jacky @ 12:30 pm

A inquietude vive no seio das mentes sensíveis e ansiosas. A quietude mora no conforto do coração.

A inquietude alimenta-se duma certa insatisfação perante o real que conduz ao mundo dos sonhos e dos ideais.A quietude encontrou a paz.

A inquietude aspira à quietude mas não consegue alcançá-la. A quietude é um bem-estar interior que baloiça suvamente numa cama de rede.

A inquietude é nervosa, é como uma borboleta fugaz que voa perdida entre as flores sem saber que caminho seguir.A quietude é calma, é um riacho tranquilamente deitado.

A inquietude é errante e não estabiliza como a quietude.

A inquietude é um céu sem sol cheio de nuvens num fim da tarde. A quietude é uma tarde amena de primavera.

A inquietude oscila entre o quente e o frio. A quietude permanece na tepidez.

A inquietude nunca pára porque corre atrás da quietude. A quietude descansa de ter muito caminhado…

(Esta semana, arrependi-me de ter apagado o in-quietude…)

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s