Amorizade

Amor + Amizade – Termo de Luandino Vieira

La vie en rose, Edith Piaf 10/11/2004

Filed under: canções de amor,France — jacky @ 11:47 pm

Des yeux qui font baisser les miens
Un rire qui se perd sur sa bouche
Voilà le portrait sans retouche
De l’homme auquel j’appartiens

Refrain
Quand il me prend dans ses bras,
Il me parle tout bas
Je vois la vie en rose,
Il me dit des mots d’amour
Des mots de tous les jours,
Et ça me fait quelque chose
Il est entré dans mon coeur,
Une part de bonheur
Dont je connais la cause,
C’est lui pour moi,
Moi pour lui dans la vie
Il me l’a dit, l’a juré
Pour la vie.
Et dès que je l’aperçois
Alors je sens en moi
Mon coeur qui bat.

Des nuits d’amour à plus finir
Un grand bonheur qui prend sa place
Des ennuis, des chagrins s’effacent
Heureux, heureux à en mourir

Refrain

De que cor tens visto a vida estes dias?

Minha versão portuguesa da canção a seguir…

Olhos que fazem baixar os meus
Um riso perdido na sua boca
Eis o retrato sem retoques
Do homem ao qual pertenço

Refrão:
Quando ele me abraça
E me fala baixinho
Vejo a vida cor-de-rosa
Ele diz-me palavras de amor
Palavras de todos os dias
E isso faz-me qualquer coisa…
Entrou no meu coração
um bocado de felicidade
cuja causa conheço
Ele é para mim
E eu para ele para toda a vida
Ele disse-mo, jurou-me que é para sempre.
Então sempre que o vejo
Sinto em mim
Um coração que bate.

Noites de amor sem fim
Uma grande felicidade que ocupa o seu espaço
Aborrecimentos e desgostos que se apagam
Felizes, felizes de se morrer…

Refrão

 

2 Responses to “La vie en rose, Edith Piaf”

  1. ognid Says:

    A máquina da Maria (PDV) ouviu esta música, convenceu-se e ficou a ver a vida assim, en rose :)) bjs

  2. jacky Says:

    🙂 há máquinas com bom gosto🙂


Os comentários estão fechados.